Afinal o Zé é manso


Conheci o Zé da Idalina, o capitão da GNR que passa o dia à porta da mercearia. Percebi que morre de medo que a namorada lhe ponha os palitos. Coitado do cornudo... Paguei-lhe uns copos e não demorou até soltar a língua.
- O que é que um gajo precisa para ser feliz? De um gaja que lhe diga "lindo menino" quando se esporra na mamas dela. Achas que sou um manso?
Engoli em seco.
- O que interessa o que eu acho? Aposto que gostas que ela te salte em cima...
- Foda-se, ca'bom! Depois deste copo, vamos às putas. Até nos pagam para as fodermos sem serem multadas.

15 comments

Joana Luar 26 de maio de 2017 às 00:47

Ai que o Zé ainda te multa por excesso de fodas saltitantes com a Idalina!

António 26 de maio de 2017 às 08:02

o problema não é a multa, é o que ele tem no coldre

Joana Luar 26 de maio de 2017 às 09:54

Há fodas que valem por uma vida ahahah
Espero que tenhas atirado bem à Idalina ;)

Feia 26 de maio de 2017 às 11:08

Por isso não sigo novelas, os enredos aqui são bem mais dramáticos​! Ahahah

Anginha Sexy 26 de maio de 2017 às 15:33

Entretanto papas-lhe a mulher e ele nem dá por ela. hhehhehheheh belo texto :-)

Beijoos

Lenita Sousa 26 de maio de 2017 às 16:38

António, tome cuidado. É que os GNRs costumam ter pistolas que disparam balas reais. Nunca fiando
.
Deixo carinhos

António 26 de maio de 2017 às 18:53

a idalina é que não me larga a braguilha joana. e o namorado não larga o osso.

António 26 de maio de 2017 às 18:54

como nas novelas, aqui há sempre finais felizes, feia

António 26 de maio de 2017 às 18:55

anjinha, papo-lhe a mulher e ele chega a casa e dá de caras com um sorriso de servicinho bem feito

António 26 de maio de 2017 às 18:56

a idalina é que nunca aceita fiado, lenita

Joana Luar 26 de maio de 2017 às 19:08

Há por aí muita Idalina que já te tinha era feito perder a barguilha!

Feia 26 de maio de 2017 às 23:12

Hummmmm

António 27 de maio de 2017 às 12:09

as idalinas pululam por aqui

chocolícia 31 de maio de 2017 às 00:45

Seu falso!

António 31 de maio de 2017 às 13:15

adoras!

Enviar um comentário