12 agosto 2017

Curtas da semana #14

Passaram-se coisas estranhas nestes últimos dias. De repente, as moçoilas da nossa freguesia passaram a dar uma de dominadoras. Reparem só no que eu ouvi esta semana: "Se eu te dissesse que és um bom menino, fugias ou desviavas o olhar? Se eu te empurrasse contra a parede e te beijasse, retribuías ou fazias-te de difícil?"

Será que passei a ter cara de submisso? Será que nunca mais vou receber o telefonema de uma gaja que se esqueceu das cuecas no meu quarto e quer que eu as devolva, só para voltar a sentir o caralho no cu? Será que já não há mulheres como a que estava a passar na zona e decidiu vir cá a casa para me acordar com uma mamada?


Disseram-me mais coisas: "Se te sussurrasse ao ouvido que queria amarrar-te, amordaçar-se e vendar-te os olhos enquanto brinco contigo, ficavas todo derretido, não era?" Ora foda-se, ela sabe perfeitamente que eu derreto-me com qualquer coisinha. De tal forma, que, da primeira vez que pinámos, quase sufocou com a quantidade de langonha que lhe larguei na garganta.

A semana, no entanto, terminou em beleza. Bateu-me à porta uma trintona jeitosíssima a tentar vender uma pacote de telecomunicações igualzinho aos outros pacotes. O que vale é que nestas coisas de promoções, metem sempre umas gajas com grande pares de mamas. Só para nos baralhar.

8 comentários:

  1. ter uma pessoa em casa e ser acordado todos os dias com uma mamada, é brutal, não achas? Queres melhor? hehhehe
    Gostei da "lição"


    beijo

    ResponderEliminar
  2. quero melhor, claro. 2 mamadas. que te parece?

    ResponderEliminar
  3. elas estão em todo o lado, eu. é só olhar com olhos de ver e comê-las como deve ser

    ResponderEliminar
  4. ...ou usar a imaginação! Lamentável!!!

    ResponderEliminar
  5. chocolícia, entre o cérebro e o caralho, dou prioridade ao último

    ResponderEliminar
  6. Vamos tonão! Venha ser meu sub! Ahah

    ResponderEliminar