a ressaca

Os últimos dias foram de grande sofrimento. Troquei os rabos firmes pelas rabanadas moles, as mamas tesas pelas tâmaras secas e os grelos encharcados pelas couves portuguesas ensopadas em azeite. Também mudei o aspecto do blog, mas isso foi o menor dos meus males.

A coisa regressou agora ao normal. Mas antes de voltar a molhar o pincel em cona alheia, deixem-me desabafar: eu quero é que as festas familiares se fodam! No outro dia, imaginem, tive que bater 5 sarapitolas seguidas com o simples propósito de esvaziar os colhões. Senti-me mais levezinho, mas o caralho ficou em carne viva. Já dizia um velho amigo meu: "A masturbação faz bem à alma, mas ninguém sabe o que fazer à nhanha."
partilha:

12 comentários:

  1. Por isso é que eu prefiro azevias! ...fodam-se lá as rabanadas.

    ResponderEliminar
  2. Já tinha saudades de ler os desvairos do António. Ainda vêm os reis , loool
    Eu cá gosto de.. Coscorões, Lool

    Bjocas
    Bom Ano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu cá gosto de dar-lhes cuscolhões. chuac

      Eliminar
  3. Mmmmmmmmmmadoro uma boa rabanada bem humida :-)))

    Beijinhos melados
    Vens?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. rabanadas dessas são boas de papar à cacetada. venho-me já

      Eliminar
  4. Eu cá gosto mesmo é das renas!
    Mas PF, já chega de festas, passemos a acção!
    Antônio 5 seguidas! OMG! 🙃

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. posso contar-te daquela vez que dei 5 sem tirar

      Eliminar
    2. Acredito em renas Antônio, mas já não acredito no Pai Natal!
      🙃

      Eliminar
    3. e eu antónio não acredito que colocaste um circunflexo no lugar de um agudo

      Eliminar
  5. Pensei que homem casado nem fizesse a degradante masturbation; enfim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pois não. também não fode com mais nenhuma mulher

      Eliminar