orgasmo forçado

Esta mulher é surpreendente. Vive num mundo de faz de conta. O que lhe vale é que faz da cona um trunfo precioso no mundo cão onde trabalha. Eu sei que alguns dizem que ela subiu na horizontal. Mas isso é dor de corno. Papem-lhe a rata como eu papei e vão ver que não querem papar outra coisa.

Desta vez, enviou-me um email surreal:

"Quero ver um homem a ser ordenhado como uma vaca até se esporrar. Contemplá-lo a esvair-se em porra. Ser-lhe retirado todo o leite que ele sabia que estava dentro dele e ainda um extra que ele nem sequer imaginava que tinha naqueles colhões. Fico feliz quando imagino um tipo a morder o lábio, concentrado noutra coisa qualquer, de forma a evitar o orgasmo. Imagino-o a ser obrigado a vir-se, ao mesmo tempo que é ordenado a não o fazer.


Um orgasmo forçado é fascinante, não achas? E nem sequer sou dominadora. Mas a ideia de manejar um caralho enquanto o gajo estremece e implora que não o faça parece ser algo difícil de realizar. Teria que sair da minha zona de conforto. Teria que mudar esta minha forma naturalmente submissa de encarar o sexo. Ir para um lugar onde nunca estive. Adoro a ideia de obrigar um homem a gozar, mas não sei se gosto da ideia de ter que fingir que sou outra pessoa. Estou obcecada com esta fantasia."
podes partilhar:

6 comentários:

  1. Respostas
    1. para quem gosta de quê? de pau? de esgalhar pau?

      Eliminar
  2. Submissão maior é "ordenhar" um homem e não receber nem um beijo em troca!

    ResponderEliminar
  3. Se está obcecada com esta fantasia, porque não a poe em prática?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se bem a conheço (e conheço-a de fora para dentro, de fora para dentro, de fora para dentro...), vai querer ordenhar-me

      Eliminar