dia de dar coça ao coiso ou coisa #60

Gosto de experimentar coisas novas e, por isso, decidi contar à veterinária que ando a bater punhetas. Olhou para mim como se eu fosse um animal. Ora, para besta já basta ela, que envergava uma luva de latex até ao ombro e preparava-se para enfiar a mão na rata da nossa vaca. É sempre assim quando ela vem à quinta, mas desta vez quis quebrar a rotina. O facto é que a perplexidade inicial deu lugar à curiosidade e a curiosidade deu lugar à berlaitada. Invertemos os papéis: ela bateu-me uma punheta e eu enfiei-lhe os dedos na cona.
partilha:

8 comentários:

  1. Ha que voltar a normalidade!
    A abstinência leva ao delírio 🙃

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tens razão, tenho que voltar à normalidade: para romper conas não é preciso romper com preconceitos e outros estigmas. Da próxima vez como-lhe o pito sem ter que lhe explicar o que eu faço nos tempos livres

      Eliminar
  2. Respostas
    1. na verdade, não sou nada disso. sou apenas um javardo com uma jibóia entre as pernas

      Eliminar
  3. Só faltou por a luva tb
    Abraço
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. na vaca? foi luva, foi mão, foi braço... o que ela andou a fazer ali dentro nem consigo imaginar

      Eliminar