pau mandado é que não

Até posso fazer um esforço para me vir (é raro, descansem) mas não preciso de me esforçar para ficar com tesão. Fico de pau feito com qualquer coisinha. Às vezes, enrijece-se-me o caralho com as coisas mais estranhas. Sou gajo para correr feito tolo se acho que há uma possibilidade de enfiar o mastro em cona de beiça inchada.

Ontem, por exemplo, estava a pinar numa das minhas posições favoritas. Como o fazíamos não é relevante para o que estou prestes a contar, mas sei que gostam de detalhes sórdidos, por isso, posso dizer-vos que a serigaita tinha as mãos apoiadas na lareira enquanto este vosso amigo a papava por trás. Puxava-lhe o rabo de cavalo e sussurava-lhe aquele tipo de frases-feitas que o cerebrozinho dela adora ouvir:
- Linda menina.
- Agora fica quietinha.
- Adoro estar dentro de ti.
- Vou esporrar-me nessa coninha deliciosa.

Vocês sabem, o habitual. Também já me conhecem para saber o que se passou a seguir. A gaja veio-se como se estivesse a ter um ataque de pânico e começou a apertar-me a picha de forma gulosa. Gritou que se fartou, o que me fez fodê-la ainda com mais força. Estava a adorar aquela massagem dos músculos da rata: aperta, relaxa, aperta, relaxa, aperta... Pelo meio, guinchou um delicioso "oh, meu deus, foda-se, sim, é assim mesmo" que me fez explodir como o vulcão dos Capelinhos em 1957.

O que me leva ao que eu vos quero contar. Talvez por ter exercitado a pachacha, de tanto apertar e relaxar a vagina, o puborretal e o coccígeo, apenas uns minutos depois de ter tido um orgasmo, a tipa quis ter novo orgasmo. Não, não quis. Exigiu. Como se eu fosse o brinquedo dela. Como não fui feito para ser toy boy de uma cabra qualquer, mandei-a esfregar o grelo. Ela percebeu que não sou pau-mandado, por isso deitou-se no sofá, escancarou as pernas e coçou-se feita doida.
partilha:

7 comentários:

  1. Resumo: no final, cê broxou e ela se masturbou!

    ResponderEliminar
  2. Fico confusa: Aqui escreve um texto, embora sempre o mais garanhão da aldeia, mesmo sendo... Um homem casado - quando em comentários noutros blogues diz uma palavra, tipo ...Hot e/ou nhami - por aí se ficando. Será mesmo o António que escreve estes textos?
    Respondi ao seu comentário no meu blogue.
    .
    Quer conferir?
    * ODAXELAGNIA:» Fetiche Sexual em Conceito de Prazer *
    .
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. acontece-me muito. quando vêem pela primeira vez o tamanho do pau, muitas perguntam-me: será mesmo teu? depois passa-lhes. esquecem-se dessa e de outras questões metafísicas do género quando lhes enfio o coiso na coisa. da próxima vez que fizer comentários noutros blogs prometo ter atenção ao mínimo de caracteres socialmente correcto

      Eliminar
  3. Meu amigo então broxou na segunda???
    Isso é pau desmandado!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não broxou coisa nenhuma. foi só um exercício de autoridade

      Eliminar