queca maniaco-compulsiva

Estava fodido com a vida e folheava o jornal. Parei nos classificados e ri-me. Imaginei o que seria um bom anúncio:

"Quero que estejas no meu apartamento às 19h. Não é as 18h55. Também não é às 19h05. Seguimos depois para o Bica do Sapato e pedes 2 Bloody Mary. Em islandês. Jantamos no Gambrinus. Não quero caviar. Prefiro uns croquetes com mostarda inglesa. Mas se não for da Colman's, mandas para trás. Quando regressarmos a minha casa, dás-me um beijo antes de entrar. Não podes tocar-me com as mãos, mas vais elogiar o meu decote e usar pelo menos 3 palavrões. No quarto, quero que dobres a minha roupa, que eu coloco-a no armário. Quando te baixar as cuecas azuis, tens que o pôr de pé em menos de 10 segundos. Vais sentar-te na borda da cama para eu chupar-te durante 5 minutos. Nem mais um segundo. Podes então foder-me por trás enquanto esfregas o meu clítoris com o indicador esquerdo. Três minutos depois, vou cavalgar-te até te vires. Mas só depois do meu orgasmo. Quando saíres, envias-me uma mensagem a dizer como foi fantástico. No dia seguinte, mandas-me nova mensagem e chamas-me um nome feio. Puta é que não. Se estiveres interessado, responde-me até às 7 da manhã de amanhã. Só aceito respostas com fotos do caralho."
partilha:

5 comentários: