A rolha na rata da renata

[continuação]

Não é só uma gaja boa, como me tinha confidenciado o namorado manso. É mais do que isso. É um tesão filho da puta. É uma mulher com olhos de gato siamês, cona de beiças largas e um trabalho de ancas que deveria ser declarado património da humanidade. Além disso, fez-me esguichar como uma baleia, que é coisa de que poucas se podem vangloriar.

Fui apanhado de surpresa. Ia preparado para a cowboiada do costume, com mamas a chocalhar, guinchos e ordens como "fode-me à bruta" e "espeta-me esse caralho no cu", mas saiu-me um verdadeiro terramoto. Aliás, quase que me fez vir antes do tempo. Não imaginam como latejou a minha próstata quando a serigaita suplicou: "Enfia, cabrão, dá-me com toda a força senão dou em maluca!" Tive então que abandonar a técnica da "rolha na rata" e começar a trabalhar nela em modo "pistão da Bugatti". Não sabem do que falo? Eu explico:

A "rolha na rata" é apenas uma forma de adiar a ejaculação. Um gajo enfia o caralho, tira-o quase todo, passa a ponta pelos folhos sedosos, volta a enfiar e deixa-o ficar entalado no pipi como se fosse um tampão. Eventualmente, a gaja farta-se da coisa e pede para se pôr em cima de nós. Já o "pistão da Bugatti" é uma forma de precipitar o orgasmo. Um gajo agarra-se às ancas da gaja como se fossem um volante de couro cosido à mão e trabalha nela a todo o comprimento das entranhas. Sem parar.

Ora, a trancada em 6ª velocidade teve o final que se esperava: um maremoto de porra e um tsunami de nhanha. Limpei a picha ao cabelo da moça, agradeci silenciosamente a boa vontade do namorado cornudo e ela, carinhosamente, justificou a javardice com a seguinte frase: "A monogamia é como ser obrigado a comer chocolate todos os dias." É ou não é bonito?
partilha:

3 comentários:

  1. A rolha na racha da Renata
    Ou seria na racha a rola
    Pois isso é uma coisa tola
    O que importa é a racha da Renata

    Esguichar porra na racha dela
    É coisa deliciosa e bela
    A Renata recebe toda o jorro
    E o cacete se farta do esporro

    Pois a Renata não deixou ver a rata
    Que mulher puta e ingrata
    Já o namorado manso e cornudo
    Assistiu o jato caldo e mudo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não era só uma racha
      que rachas há p'raí aos pontapés.
      era rata onde encaixa
      um super-pau ou dos mini dez.

      Eliminar