dia de dar coça ao coiso ou coisa #67


Conheci uma que não fornicava. "É pecado", dizia. Era moça religiosa e, por isso, só pinava para reproduzir. Mas isso não a impedia de dar à rata. Foi das mais dedicadas à arte do esfreganço que eu já conheci. Do que ela gostava mais era de sincronizar o meu esguicho de meita com os seus próprios guinchinhos de prazer. No fim, limpava religiosamente a porra do meu corpo com os toalhetes que usava para higienizar os rabinhos dos seus bebés.
partilha:

2 comentários:

  1. Esta é uma solução vantajosa para todos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso era no tempo em que me ficava pelas meias-tintas. agora, uma solução destas é uma desilusão

      Eliminar